domingo, 18 de novembro de 2012

Qual seria a melhor estratégia para acabar com a corrupção que se instala em nosso país?

   Bom, muitos falam e atacam muitos políticos que se envolvem em caixa 2, mensalão e todos os tipos de práticas que indignam o povo, porém será que a corrupção teria algum jeito viável? Para muitos seria por meio de uma revolução onde o povo tomaria consciência de que tem o dever de lutar seja ela com armas ou sem armas ou tomando uma atitude a qual submeteria políticos a sua mera vontade, para outros seria através de um golpe de estado em que haveria a queda de um certo sistema político colocando interventores responsáveis por alinhar o novo regime e adequar como houve na revolução de 30, Vargas se utiliza de pessoas confiáveis e os nomeia para que garantisse o seu poder, como também temos, por exemplo, uma tática como dissolver o pluripartidarismo porque de acordo com certos indivíduos pensantes que seguem certos ideais ou não, apenas o ato de haver vários partidos é o mesmo de haver inúmeras quadrilhas onde sempre haverá disputas por território, dinheiro e poder ameaçando a estabilidade de uma cidade, de um bairro, subúrbio ou de um município com a violência, tanto quanto também dissolver a quantidade de pessoas envolvidas nos escândalos, os afastando permanentemente da política e condenando estas, a perecer de 25 a 30 anos na prisão ou mais, como também exilar ou até mesmo a pena de morte, como outras aspirações. Cada uma toma forma e seguidores, muitos pensam em soluções amigáveis, outros em soluções não tão amigáveis. Também a quem diga que a culpa de haver a corrupção na política brasileira seja por conta dos militantes, que ao invés, de responder de forma introspectiva, contrariando certas decisões, de certos partidos no qual eles seguem, contudo estes fazem o contrário. Como também temos empresas, partidos, setores, Ongs e entidades que patrocinam candidatura de certos políticos ou até mesmo colaboram para a propina ou suborno, para enriquecerem e se enriquecerem, tanto que estes, que colaboram na maioria das vezes, está sob ordem ou não destas, para promovê-las. Outros, também dizem que desde muito tempo, a política brasileira é influenciada por decisões de fora, não sendo tomadas aqui, e que estes "indivíduos" que influenciam, toma certos países sua colônia de exploração, para beneficiar-se de sua ingenuidade e acolher seus péssimos frutos a desabrocharem em terras roxas ou apenas cientes da ganância de certos governantes, o influenciem a achar tal ideia, uma oportunidade de beneficiar seu país, quem já assistiu a comédia o Ditador? Se perceberem bem, um representante do governo chinês faz uma proposta ao irmão do protagonista do filme, que pretendia afastar o seu irmão do governo de seu país, o qual tenta convencê-lo de querer integrar a indústria petrolífera da China ao dele, para poder manufatura. De todo o jeito somos anestesiados 24 horas por conteúdos que não convém em nossas vidas, sendo ela a mídia, que tem cujo objetivo alienar ineptos e fortalecer a indústria do entretenimento, como por exemplo a TV, o jornal, a rádio, por exemplo digamos que uma novela lança tal ideia, conceito ou produto o qual você aceite ou não, e que tem como base para a sua sobrevivência ou para encaixar-se num grupo. Imagine, que as pijamas do dia para noite, se tornem uma nova vestimenta ou melhor uma moda do verão, e ela diga para você que esta moda é uma oportunidade a você, de satisfazer-se socialmente, se para muitos aquela é a parada de sucesso, de todo o jeito dependerá de sua opinião caso você aceite ou não, como também temos um hit de sucesso, bandas, e dentre outras, estas são os anestésicos que nos adormece, nos afasta do mundo real para um mundo surreal. Ao cerne do assunto, a decisão, o que seria a corrupção? A corrupção é um comportamento tão antigo da humanidade quanto o surgimento das primeiras civilizações. Geralmente conhecida pelos atos cometidos por agentes públicos, como o recebimento de propina e suborno, esta prática se estende muito além desses atos e penetra também no ambiente privado. Conceitualmente, a palavra corrupção, do verbo corromper, quer dizer tornar podre, estragar. Mas, no dia a dia este sentido pode se expandir e incluir verbos como adulterar e desvirtuar. Considerando que a corrupção remota aos tempos mais antigos da sociedade, seria possível dizer que sua extinção é impossível, pois ela faria parte da fragilidade da condição humana e da história em si, com suas desigualdades tanto em fatores econômicos como sociais e de outras origens. No mundo temos uma instituição a qual trata os assuntos da corrupção sob um índice, esta instituição seria Transparência Internacional (TI), fundada em 1993 pela iniciativa de várias organizações de países democráticos. Uma das ações mais importantes da TI é levantar um ranking que aponta o índice de corrupção de determinados países. Estes dados ajudam os governos a entender melhor seus problemas e tentar solucioná-los. Mesmo assim, a instituição apenas determinar no quanto o país é corrupto, não somente temos ela, como também temos a  Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção. Assinada por mais de 110 países no dia nove de dezembro de 2003, a Convenção entrou em vigor, internacionalmente, no dia 09 de dezembro de 2005. A data de sua assinatura ficou conhecida como Dia Internacional contra a Corrupção. Como o mais completo e abrangente instrumento internacional juridicamente vinculante, a Convenção da ONU contra a Corrupção tem como objetivos a cooperação para recuperar somas de dinheiro desviadas dos países, a criminalização do suborno, lavagem de dinheiro e outros atos criminosos. Porém, parte deste dinheiro, ainda que seja apenas para ajudar os países corruptos é desviada da sociedade para o bolso de empresários, banqueiros, e políticos os quais o usam para sua mera vontade ou o utilizam numa estrategia de renderizar esta soma. De todo o jeito, parece que a corrupção, o mensalão, o famoso caixa dois, a propina, esconde-esconde, o desvio apenas se resolverá caso certo líder contando com um apoio de uma certa massa de pessoas ou uma gama de pessoas queiram segui-lo, para derrubar determinado sistema, e este sistema que é dilacerado, resolva-se com as decisões deste indivíduo, sendo ele considerado "pai" do povo e abraçado por toda a nação como um gênio, até porque em nosso país o que ainda predomina é o populismo, o qual as pessoas devotas a um determinado líder votam neste, acreditando que aquela figura fará ou não, algo em benefício ao povo. Porém, não significa que apenas com isto, este líder, sairia invicto, a política não é tão simples, instalar um ideal também não é, nosso país conta com 12 mil políticos que por conta disto, possuem poder para comandar e demandar decisões, estes podem ou não pertencer a facções, a quadrilhas que apenas com um toque, podem querer derrubar este líder com intrigas e falcatruas, logo quando chegar nesse dia haverá de você acreditar neste? E se caso, este morrer a mando de um inimigo político, você sairá de sua poltrona e tomará tal decisão que vise dar continuidade ou não, ao ideal deste visionário? Qual seria a sua decisão?

Para mais informações a respeito deste assunto temos: Análise: as causas que explicariam a sociedade dos políticos serem tão corruptos

4 comentários:

Marco disse...

só matando mesmo para poder dar jeito na corrupção, isso já nasceu com o povo brasileiro, não é só por causa dos políticos.

Preguiça alheia disse...

Parabéns pelo blog...

Entre depois no meu e se gostar clique em curti e deixe um comentário!

Abraço,
PREGUIÇA ALHEIA.
___________________________
http://www.preguicaalheia.com.br

Cayo Nauan Siqueira disse...

Pra começar poderia ter punições mais severas para corruptos...

doseilah disse...

Na verdade a corrupção nunca terá FIM, pois o homem em sua essência já é corrompído por diversas coisas. O fato é que em meio a corrupção a total descaso com a população, e o que eles querem é isso mesmo, sem educação e condições de vida descente para a ignorância prevalecer e eles também no poder.